RESENHA: OSCAR 2016

Quem me conhece, sabe que eu sou completamente apaixonada por todo o universo Hollywoodiano, por isso resolvi compartilhar com vocês o que achei das principais indicações ao Oscar 2016 que acontece nesse domingo 28/02.

Captura de Tela 2016-02-25 às 22.27.16

  • A Grande Aposta
    Sinopse: Michael Burry é o dono de uma empresa de médio porte, que decide investir muito dinheiro do fundo que coordena ao apostar que o sistema imobiliário nos Estados Unidos irá quebrar em breve. Tal decisão gera complicações junto aos investidores, já que nunca antes alguém havia apostado contra o sistema e levado vantagem. Ao saber destes investimentos, o corretor Jared Vennett percebe a oportunidade e passa a oferecê-la a seus clientes. Um deles é Mark Baum, o dono de uma corretora que enfrenta problemas pessoais desde que seu irmão se suicidou. Paralelamente, dois iniciantes na Bolsa de Valores percebem que podem ganhar muito dinheiro ao apostar na crise imobiliária e, para tanto, pedem ajuda a um guru de Wall Street, Ben Rickert, que vive recluso.

    Primeiro de tudo, preste atenção do início ao fim e apaixone-se pelo filme. Vou ser sincera que me dispersei em algumas cenas e não fazia mais ideia do significado de algumas siglas, tive que ficar perguntando repetidamente, mas é um filme muito didático e muito bem dirigido. Steve Carrel está fantástico. Aconselho todo mundo a assistir e entender como funciona a bolsa de valores. O filme não para, é muito bom.Assista ao trailer aqui.

     

  • “Ponte dos espiões”
    Sinopse: Em plena Guerra Fria, o advogado especializado em seguros James Donovan aceita uma tarefa muito diferente do seu trabalho habitual: defender Rudolf Abel, um espião soviético capturado pelos americanos. Mesmo sem ter experiência nesta área legal, Donovan torna-se uma peça central das negociações entre os Estados Unidos e a União Soviética ao ser enviado a Berlim para negociar a troca de Abel por um prisioneiro americano, capturado pelos inimigos.Bom, já era de se esperar que o filme dirigido por Steven Spielberg fosse um sucesso, Ponte dos Espiões é super didático, com uma fotografia impecável. Devo admitir que esperava um pouco mais, mas vale assistir.
    Assista ao trailer aqui.


  • “Brooklyn”
    Sinopse: A jovem irlandesa Ellis Lacey se muda de sua terra natal e vai morar em Brooklyn para tentar realizar seus sonhos. No ínicio de sua jornada nos Estados Unidos, ela sente falta de sua casa, mas ela vai tentando se ajustar aos poucos até que conhece e se apaixona por Tony, um bombeiro italiano. Logo, ela se encontra dividida entre dois países, entre o amor e o dever.
    Figurino maravilhoso, a fotografia linda também dividindo o filme entre Irlanda (tons mais frios) e Estados Unidos (tons mais quentes, mais coloridos). É um filme bonito, mas não daqueles que a gente vai se lembrar sempre… Gostei mas não amei.Assista ao trailer aqui.


  • Mad Max
    Sinopse: Após ser capturado por Immortan Joe, um guerreiro das estradas chamado Max (Tom Hardy) se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) na tentativa se salvar um grupo de garotas. Também tentanto fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo.
    Marcante define. Lançado bem antes dos demais filmes da categoria, Mad Max se fez lembrado e muito bem cotado. Assim como em “O Regresso” também indicado nessa categoria, Tom Hardy está incrível, ao lado de um time de atores fantásticos como Charlize Theron. Super dinâmico, com planos abertos, harmonia completa, trilha sonora adequada e fotografia incrível, te prende do começo ao fim. Excepcional!Assista ao trailer aqui.
  • Perdido Em Marte
    Sinopse: O astronauta Mark Watney (Matt Damon) é enviado a uma missão em Marte. Após uma severa tempestade ele é dado como morto, abandonado pelos colegas e acorda sozinho no misterioso planeta com escassos suprimentos, sem saber como reencontrar os companheiros ou retornar à Terra. 

    Filme leve e dinâmico, com planos abertos, o que te faz se sentir no filme, num cenário totalmente diferente. Te prende do começo ao fim, você vibra e torce pelo personagem principal do começo ao fim. Recomendo muito, é realmente muito bom.Assista ao trailer aqui.

  • O Regresso
    Sinopse: Hugh Glass parte para o oeste americano disposto a ganhar dinheiro caçando. Atacado por um urso, fica seriamente ferido e é abandonado à própria sorte pelo parceiro John Fitzgerald, que ainda rouba seus pertences. Entretanto, mesmo com toda adversidade, Glass consegue sobreviver e inicia uma árdua jornada em busca de vingança.
    Filmaço! Os tons usados traduziram a melancolia e o sofrimento presentes em quase todo o filme, enquanto as cenas de recordações felizes vividas pelo personagem do DiCaprio tinham tons mais vivos, quentes. Com planos-sequência impecáveis, a fotografia ficou incrível! O diretor de fotografia usou apenas luz natural. O filme é um pouco cansativo, são quase 3h, então não é todo mundo que se sente preso à história do começo ao fim, eu particularmente gostei, mas acredito que quem não tenha muita paciência para o gênero faroeste não vá gostar muito. Os destaques são Leonardo DiCaprio e Tom Hardy.Assista ao trailer aqui.
  • “O Quarto de Jack”
    Sinopse: Joy e seu filho Jack vivem isolados em um quarto. O único contato que ambos têm com o mundo exterior é a visita periódica do Velho Nick, que os mantém em cativeiro. Joy faz o possível para tornar suportável a vida no local, mas não vê a hora de deixá-lo. Para tanto, elabora um plano em que, com a ajuda do filho, poderá enganar Nick e retornar à realidade.Nesse filme não só o enredo emociona, a atuação de Jacob Tremblay (Jack) e Brie Larson (Joy) estão impecáveis. Com um orçamento muito mais baixo do que os demais filme, O Quarto De Jack é o meu preferido para levar a estatueta do Oscar 2016, te prende do começo ao fim, o desafio é assistir sem deixar cair uma lágrima. O cenário, apesar de restrito, é muito bem explorado, as cores traduzem bem os dois momentos do filme (dentro e fora do quarto) e as emoções de cada um deles.
    Assista ao trailer aqui.
  • “Spotlight”
    Sinopse: Baseado em uma história real, o drama mostra um grupo de jornalistas em Boston que reúne milhares de documentos capazes de provar diversos casos de abuso de crianças, causados por padres católicos. Durante anos, líderes religiosos ocultaram o caso transferindo os padres de região, ao invés de puni-los pelo caso.
    Achei o filme bem realista, muito fiel aos fatos, é super envolvente. A trilha sonora adequada e harmônica, tal como o próprio silêncio em algumas cenas. O time de atores é incrível, Rachel McAdams e Mark Ruffalo foram os que mais me chamaram a atenção por suas performances. Muito bom.Assista ao trailer aqui.

Captura de Tela 2016-02-25 às 22.27.57

  • Bryan Cranston (“Trumbo”)
    Amo, apenas amo BryanCranston. A interpretação dele é firme e convincente, o sotaque impecável. Não está entre os favoritos para levar a estatueta, mas mereceu a indicação, adorei o filme e o trabalho do Cranston.

  • Matt Damon (“Perdido Em Marte”)
    Gostei da atuação, admiro os trabalhos do Matt Damon, em Perdido em Marte, transparece as transições de emoções perfeitamente, nos sentimos muito próximos a ele, impossível não se apegar ao personagem.

  • Leonardo DiCaprio (“O Regresso”)
    Leo, esse ano a estatueta é sua!!! O que é a atuação desse homem? Num filme em que o personagem principal passa boa parte da trama calado e ainda assim comove, envolve e brilha… Esse homem merece. Nos momentos após um ataque de urso (cena hiper-realista, btw) em que seu personagem fica imóvel, traduz toda a sua dor e sede de vingança (vou poupar spoilers aqui) em expressões fantásticas, literalmente de arrepiar. Minha torcida tá firme e forte para o Leo, em 2014 torci por ele até assistir a perfomance do Matthew McConaughey em “Clube de compras Dallas”, mas esse ano não tem pra mais ninguém, ele merece.
  • Michael Fassbender (“Steve Jobs”)
    Adorei o trabalho. A transição dos 3 momentos da vida de Jobs foram muito bem interpretados… Confesso que me surpreendi, Fassbender está realmente incrível, não a ponto de levar a estatueta, mas conseguiu transparecer os lado positivos e negativos da vida dessa grande personalidade que Jobs foi.

  • Eddie Redmayne (“A Garota Dinamarquesa”)
    Palmas pra você, Eddie! Como se não bastasse uma perfomance digna do prêmio de 2015, sua atuação, veio com mais uma atuação de cair o queixo, traduziu a feminilidade com tamanha leveza e paixão… Realmente emocionante, meu segundo preferido para esse ano. Grande ator!

Captura de Tela 2016-02-25 às 22.28.20

  • Cate Blanchett (“Carol”)
    Uma das preferidas… Os olhares dela sempre me chamam a atenção, ela tem todo um trabalho de linguagem corporal fantástico, entrega muito do persoangem. Brilhante atriz.
  • Brie Larson (“O Quarto de Jack”)
    Fantástica! Brie Larson é sem dúvidas a minha preferida. A cena que mais me emocionou e me levou aos prantos junto com ela foi a do encontro entre mãe e filho fora do quarto. A atuação dela é de arrepiar, consegue transparecer todas as suas emoções, realmente envolvente.
  • Jennifer Lawrence (“Joy”)
    Gosto muito dos trabalhos da Jennifer Lawrence, acho que ela tem uma sutileza inata nas interpretações, empatia e uma versatilidade incrível, se adapta a papéis completamente diferentes, de mocinha à bad girl, por isso acho mais do que merecido todas as suas indicações ainda que tão jovem, mas comparado às outras indicadas, não acho que mereça a estatueta esse ano.
  • Charlotte Rampling (“45 Anos”)
    Você sente que Charlotte se entrega ao papel, se transforma… O resultado é uma atuação incrível. Apesar de ser uma atriz veterana que nunca havia sido indicada ao Oscar, e não muito conhecido, faz um trabalho minucioso, belíssimo.
  • Saoirse Ronan (“Brooklyn”)A atuação dela me surpreendeu, suave, com olhares marcantes, bem adequada… Justa indicação, não esperava muito.Espero que tenham gostado! Beijoslogopnggg

    BIA GUERRA

    Instagram |

Anúncios

Ei, vai embora não! Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s